Sugira, critique, participe, contribua, toque uma, apareça!

mulheresqbebem@gmail.com

13 de mai de 2012

Cidades pequenas, fronteiras inexistentes



O mundo deveria ser grande, grande o suficiente para se fazer todas as merdas do mundo e o que "acontece em Vegas, fica em Vegas" ser a máxima. Tem horas que isso é tão verdade, que poucos são capazes de entender.

***

Traição

Eles parecem o casal perfeito, fazem tudo juntos. Mas ela o trai, ele descobre. Se separam.

***

Volta por cima

Ele, entristecido, se entrega a outros braços, de uma conhecida do casal. Viram amigos bem próximos. Curtem a companhia um do outro. Apesar de não esquecer a ex, tenta continuar a vida. A traidora não sabe.

***

Outros

Além de ficar com ele, a amiga gosta de beijar outros rapazes. Conhece um em outra cidade e têm uma noite linda. Se despedem.

***

Desencontro

O rapaz da outra cidade decide visitá-la. Dirige por 500km, mas não a encontra. Dorme na casa de uma amiga e vão a uma festa. Ele, ela e o namorado dela.

***

O encontro: mundo interligado

A beijoqueira estava cansada, mas mesmo assim decidiu cair na noite. Foi sozinha, tomar cerveja e se divertir. Vestiu a melhor roupa para ter uma noite daquelas de nunca mais esquecer. A esperança era encontrar o amigo desiludido e traído para mais um encontro explosivo, de sair do mundo, tirar os pés do chão.

Pega um ônibus e anda um pedaço. Chega a um lugar mágico, com uma vista linda e belas pessoas. O som pede um sensualização na dança. Ela olha para os lados, compra uma latinha para começar um aquecimento interno. E dá uma volta no espaço, como reconhecimento. Fala com um, fala com outro.

Até que...

Dá de cara com um grupo de amigos um tanto conhecidos: a amiga causadora de coração partido com o novo namorado e seu "amigo" distante. Dúvida: finge que não vê ou vai lá falar?

Finge que não vê e vira, mas dá de cara com o lindinho do coração partido. Sorri, dá um beijinho e, com um sorrisinho maroto nos lábios, engole a cerveja com trejeitos de alguém que está no desespero mas tenta ser natural.

***

Acontecimento

A traidora é amiga do distante, o recebeu em casa para que ele pudesse encontrar novamente com a beijoqueira que, por sua vez, estava saindo com o ex dela, o marido traído. Niguém sabe de nada. Só uma pessoa.

História meio Carlos Drummond de Andrade, mas com personagens mais Nelson Rodrigues. Dramaturgia pura.

***

Conclusão

Foda-se, o mundo é pequeno mesmo e, mais dia ou menos dia, você já terá conhecido todo mundo, de um jeito ou de outro.

11 de mai de 2012

apatia


sofro dor que nem sinto
desses dias todos iguais
mágoas que não tenho se minto
da fome que antes queria
hoje já nem lembro mais

morrendo
tinha pavor de viver apenas sorrindo
e começo a perder o medo
de viver
só existindo

2 de mai de 2012

Soneto da saudade




de repente me lembrei daquela noite
em que tu deste uma lambida em minha xota
e devaneios se perderam pelo tempo
aaaaai, que saudades da tua piroca!

não era grande assim o instrumento
ainda assim alegrava a minha cona
que latejava com a sua pica dentro
enquanto berravas: minha puta, marafona!

por que não voltas para a última estocada?
e abaixas o fogo da minha xana em chama
enquanto eu berro na maior declaração
me fode! me chupa! me mama!