Sugira, critique, participe, contribua, toque uma, apareça!

mulheresqbebem@gmail.com

4 de set de 2010

Sem métrica ou rima




Certas coisas só o espelho do banheiro entende
(ou um poema ao grito não dado)


Exaustão indecente da rotina
Contracheque mirrado
Folga suspensa
Frila não pago
Roupa que não cabe
Vazio do armário
Atraso na entrevista
Telefone cortado
Espinha na testa
Feijão vomitado
Casa com z
Furo não dado
Pensamento contido
Relógio acelerado
Choro mugido
Bolso furado

5 comentários:

  1. silencio invertido, amor cariado...
    muito bom!!!
    dá vontade de nao para mais em meio a tantas imagens...

    ResponderExcluir
  2. olhando bem... é a caipirinha na foto?!?!?!

    ResponderExcluir
  3. Caipirinha e bendita margarita em uma fuga da rotina! Foi uma delícia!

    ResponderExcluir

Áhh, que fofo você comentar!!!