Sugira, critique, participe, contribua, toque uma, apareça!

mulheresqbebem@gmail.com

16 de mai de 2010

Eu, o Ney e a catarse

Catarse, segundo Aristóteles, refere-se à purificação das almas por meio de uma
descarga emocional provocada por um drama. Há teorias e estudos diversos sobre o assunto.

Intelectuais vários discursando sobre seus conceitos e efeitos, quase sempre em um plano intelectual/espiritual inalcançável aos mortais, como eu.

Em mim, a catarse aconteceu no ônibus a caminho do trabalho mal remunerado. Uma canção tocada em uma rádio comercial provocou em mim a tal "descarga emocional provocada por um drama".
E, pasma, sobrevivi a isso.

"De repente a gente vê que perdeu
Ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua que vai ficando no caminho
Que é escuro e frio, mas também é bonito porque é iluminado
Pela beleza do que aconteceu há minutos atrás"
(Poema - Cazuza)

* A catarse foi provocada pela versão do Ney (sempre incrível) Matogrosso.

Um comentário:

  1. esse poema é triste
    mas catarteses são fudamentais pra exorcisar os demônios!

    evanhoé minha cara, um brinde!

    ResponderExcluir

Áhh, que fofo você comentar!!!