Sugira, critique, participe, contribua, toque uma, apareça!

mulheresqbebem@gmail.com

7 de abr de 2010

Três taças de vinho e te conto segredos


Foi o sexo mais inusitado da minha vidaaaaaaaaaa!
Primeiro por que eu nunca imaginei uma coisa dessas, segundo por ser com quem foi. Eu estava na minha, deitada na areia da Prainha em Glumari, era uma quarta-feira, estava sozinha, duas amigas furaram comigo. Peguei minhas coisas e fui curtir um sol num lugar reservado, tenho alguns complexos com meu corpo, admito.
Eu queria ficar na minha, pensar na vida, levei um back, o sol estava tinindo. Já eram umas três da tarde, e nada além do azul do mar me instigava.
Fumei um pra abrir a mente, comecei a viajar nas granulações da areia da praia, reparei na imensidão delas, tão necessárias e tão impercebíveis.
- Oi, tudo bem?
Caralho, quando eu olhei pro lado, vi dois pés grandes, lindos, fui subindo, joelhos, quadris, pênis marcado no calção de banho, peitoral, ombros, boca, olhos verdes e rasgados. Meu santo amaro do bom fim das periquitinhas! Era o Rodrigo Hilbert, eu simplesmente queria expirar.
- Tá sozinha? Posso? (Apontava para o meu cigarrinho).
Eu não sabia o que fazia, estava de pernas bambas, mesmo, gente, sempre babei por esse homem na trama da novela das oito. Não podia acreditar que ele estava ali, me pedindo um trago inocente no meu backzito.
- Claro, maconha e beijo não se negam. (Disse eu, pra lá de mil intenções na mente)
Ele sentou do meu lado, estremeci. Fumou comigo, e começou a falar de Sartre, nem sabia se ia ter argumentos à altura. Mas fui tentando, afinal, não tinha planejado nada pra esse momento, que na minha cabeça nunca iria acontecer.
Não quis saber de gêmeos, de mulher, de namorado, de nada, só queria dar pra ele.
- Aconteceu, aconteceu mesmo, e tudo. Quando me vi, estava em cima dele, dando loucamente. Ele me beijou como nunca fui beijada, me comeu como nunca fui comida.
Nunca imaginei ser “possuída” por um homem tão lindo, e isso nem estava nos meus planos, mas aconteceu.
Não vou narrar os fatos detalhados como um conto, pode parecer que é um relatozinho de uma fã, um sonho, ou um delírio, mas eu juro, não é. Aconteceu mesmo, numa quarta-feira inesperada, tive o sexo mais inusitado da minha vida. Acreditem se quiserem. 

2 comentários:

Áhh, que fofo você comentar!!!