Sugira, critique, participe, contribua, toque uma, apareça!

mulheresqbebem@gmail.com

13 de jun de 2010

Rodrigo




Era um pecado entrar nos bares
Percorre esquinas escuras
Banheiro, galerias e vias

Era e sempre foi pecado
mesmo sóbrio não conter
o ávido enorme apetite

Só de pensar na boca no pau
ereto, enrijecido e alargador 
perdia o tino e o prumo

A legítima alma necessita
de sacanagem explícita
ainda  que se culpe
por prazeres saciados


Gozando a dor de ser                                                                       (só)

2 comentários:

Áhh, que fofo você comentar!!!