Sugira, critique, participe, contribua, toque uma, apareça!

mulheresqbebem@gmail.com

10 de jun de 2010

Love is money!


Sou uma pessoa romântica. Na verdade, eu sou extremamente sonhadora. Quando estou num relacionamento, entro de cabeça, sem medo de acabar, de errar, de ser traída. Afinal, qual a graça de amar com medo?
Comecei com este nariz-de-cera ("embromation", para os não-jornalistas) para falar sobre o tal falado, comentado, aguardado pelas moiçolas casadoiras, esperado pelos comerciantes, Dia dos Namorados!
Oh, L'amour! O sentimento mais nobre que podemos ter. Nada como ter um dia inteirinho para adorar a sua alma gêmea - mesmo que seja alguém que você arrumou nas últimas 24 horas só para não passar o dia 12 sozinha... O importante é comemorar este dia, 12 de Junho, dia em que... Data em que...Por que mesmo a gente comemora o Dia dos Namorados nesse dia?
Simples: porque a falecida loja Clipper - se você não nunca ouviu falar, pergunte à sua mãe - encomendou uma campanha publicitária, nos idos anos de 1949, com o objetivo de alavancar as vendas de junho, mês caidasso para os lojistas.
O malandrinho do João Dória (não, não é o pai do cara de "O aprendiz") criou a campanha, com o slogan: "Não é só de beijos que se prova o amor". O povo comprou a ideia e os comerciantes adotaram o dia, que passou a valer no ano seguinte. Graças a este filho da putinha (no bom sentido gente! se é que é possível), hoje muita gente acha que a melhor forma de demonstrar o amor é comprar um presente mega caro, jantar no mais badalado restaurante, fuder no motel mais comentado da cidade...
E nos outros dias? Toma-lhe desrespeito pelo outro, indiferença, incompreensão... Afinal, o Dória já fez o trabalho pela gente.
Quando sua namorada chiar porque recebeu um belo balão na sexta-feira, ou porque você chegou em casa com bafo de cachaça e marcas de arranhões, desconverse e faça ela lembrar - sempre "delicadamente" - do lindo brinco que a ingrata recebeu de presente no dia 12. O namorado começou com crise de ciúmes daquele seu "colega" mais chegado? Joga na cara o par de tênis que você comprou, ou então relembre como você se esforçou para dar o presente que ele mais queria, no motel...
E viva o Capitalismo! #prontofalei

6 comentários:

  1. ahahah
    é vero, por isso que não vou dar nada!

    ResponderExcluir
  2. Excelente ..... mais um dia de gastação total...
    e os os outros dias, onde fica a demonstração de afeto???? se não tiver presente não tem amor???
    Continuo preferindo os beijos...que me desculpe o Dória....
    Nádia Melo - BH - MG

    ResponderExcluir
  3. Fada absinta militante de esquerda!! E defensora dos valores morais da humanidade!! Quem diria que eu ia viver para ver este dia...

    ResponderExcluir
  4. Nunca mais repita isso! Chame-me de tudo, menos de moralista, que é ofensa grave! Rs

    Eu namoro para amar, ser amada, sentir prazer...E não para ganhar presente por causa de uma data que nem tem razão de ser...

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkk. lembro-me do ano passado, quando tinha um namorado..... Eu fiquei o tempo todo falando que as propagandas era puro markentig comercial... e de tanto ouvir propagandas acabei me rendendo a elas e comprando um mimo pra ele. kkkkkk!!!

    ResponderExcluir

Áhh, que fofo você comentar!!!